Missão | Ideário | Visão | Valores | Objetivos

Missão

Formar cidadãos com uma sólida formação pessoal, social, científica e tecnológica e que desenvolvam as competências necessárias para um bom desempenho profissional e pessoal, com autonomia e espírito crítico, com vista à integração na sociedade global em constante mudança.

Ideário

O Ideário da nossa Escola sempre se fundamentou na valorização e encontro do indivíduo em toda a sua dimensão. Desde a sua fundação, o Externato e Salas de Estudo estão ao serviço de todos aqueles que nos procuraram e procuram com o objetivo de ultrapassar dificuldades ao longo do Processo Educativo. Esta vocação de Escola exige um esforço da nossa parte, no sentido de recuperar o aluno, partindo do princípio de que o insucesso escolar traduz sempre muito mais do que o não atingir metas definidas pelo Sistema Educativo. O contacto com o aluno e sua família implica, na maioria das situações, prudência e simultaneamente disponibilidade da parte de todos aqueles que, educando, servem a Comunidade Escolar em interação com o meio.

Visão

A nossa aposta numa escola inclusiva tem em vista que todos e cada um dos alunos, independentemente da sua situação pessoal e social, encontrem respostas que lhes possibilitem a aquisição de um nível de educação e formação facilitadores da sua plena inclusão social. Reforçamos o conceito de que não é necessário categorizar para intervir. Para a nossa visão integrada e contínua da aprendizagem são considerados aspetos académicos, comportamentais, sociais, emocionais e também ambientais dos alunos.

Reforçamos o papel dos pais ou encarregados de educação bem como os parceiros institucionais através de um conjunto de direitos e deveres de forma a envolve-los no processo educativo dos educandos.

Assim numa abordagem multinível recorremos a diferentes níveis de intervenção, através de: medidas universais, medidas seletivas e medidas adicionais.

Valores

Os valores são os orientadores, os fundamentos ou razão de ser das nossas ações. Preferir significa, precisamente, eleger algo como melhor do que. As nossas preferências permitem-nos encontrar valor nas coisas. Neste sentido, os valores representam a não indiferença do ser humano perante os factos e os objetos. É próprio da natureza humana sentir, desejar, avaliar, decidir e escolher.

Os nossos jovens são encorajados a pôr em prática, nas suas atividades de aprendizagem os valores por que se deve pautar a cultura da escola, designadamente:

  • Responsabilidade e integridade – Respeitar-se a si mesmo e aos outros; saber agir eticamente, consciente da obrigação de responder pelas próprias ações; ponderar as ações próprias e alheias em função do bem comum.
  • Excelência e exigência – Aspirar ao trabalho bem feito, ao rigor e à superação; ser perseverante perante as dificuldades; ter consciência de si e dos outros; ter sensibilidade e ser solidário para com os outros.
  • Curiosidade, reflexão e inovação – Querer aprender mais; desenvolver o pensamento reflexivo, crítico e criativo; procurar novas soluções e aplicações.
  • Cidadania e participação – Demonstrar respeito pela diversidade humana e cultural e de agir de acordo com os princípios dos direitos humanos; negociar a solução de conflitos em prol da solidariedade e da sustentabilidade ecológica; ser interventivo, tomando a iniciativa e sendo empreendedor.
  • Liberdade – Manifestar a autonomia pessoal centrada nos direitos humanos, na democracia, na cidadania, na equidade, no respeito mútuo, na livre escolha e no bem comum.